segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Só O Que Eu Posso Oferecer É Uma Semana Sem Amor - Parte 4:

Eu construo fúrias. Como rios de sangue e fogos vermelhos, as iras vão se desenhando conforme meus anseios, e logo o cartaz estampado da guerra está pronto.

Eu construo desavenças. Minhas poesias corroem as vidas como a maresia corrompe os pilares do templo. E logo a chuva banha os inocentes e afoga os culpados, até a morte.

Eu construo dilemas. Minhas canções são tingidas com meu ego blindado, e as flechas são disparadas como ultimato.

Eu sou um ditador. Num regime estadista no qual o Estado e tudo que nele há, representa meu orgulho embecado.

O perfume das rosas fere e dilacera as paixões, e logo os espinhos serão embebidos pela faringe caótica da sociedade.

As cores opacas tomaram as ruas, e logo o meu discurso ecoará pelas alamedas e vielas, até explodirem pelos continentes mundo à fora. E eu sempre serei as lâminas que partem as mentiras, e a peça extra do quebra-cabeças que está fadado ao duelo. Não me encaixarei por motivos óbvios.


Tudo o que eu faço é incendiar. Porque isto é uma guerra! E nós, que não temos guerreiros ou escudos, somos alvos fáceis. Mas tudo ficará bem. Meu corpo já está anestesiado pelas dores, e o tempo trouxe com ele as forças do passado e os arranhões me tornaram à prova de balas.


Agora os dragões ascendem no sol nascente e mergulham perante sua imensidão num sono concomitante...


"Eu estaria aonde você fosse. Ergueria os degraus para os seus passos e vestiria as hemorragias deste falso amor. Lutaria com os oceanos e nadaria pelas montanhas. Voaria nas tuas asas, até encontrarmos a nação dos orvalhos cristalizados pelo esquecimento. E com um toque, todos adormeceriam, aquecidos. E as terças-feiras seriam prateadas, e justas...
...Embora, jamais reais."

17 comentários:

  1. Oi Lulis! Te fazendo uma visita para agradecer as palavras carinhosas que deixou lá no meu blog. Fiquei feliz de ter gostado e quando puder e desejar me dê o prazer de retornar. Que vc tenha uma semana de paz e conquistas, abraços!

    ResponderExcluir
  2. Meu novo amigo Poeta,

    Gostei de teu blog e de teus poemas em prosa.Escreves lindamente e a senhorinha do Sonhos e Encantos adoraria escrever assim...és muito modesto, amigo.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Lulis, teu espaço é muito agradável, e teus escritos muito bons.
    Obrigado pela visita e por nos seguir, e por ter apreciado muito seu espaço, te sigo também.

    Seja bem vindo!

    Abraços
    RioSul

    ResponderExcluir
  4. Olá Lulis, tudo bom?

    Gostei do texto e principalmente do nome do blog.

    Às vezes amor demais enjoa, cansa e, lamentavelmente, fere. Acho que todo mundo tem esse lado belicoso e mais cedo ou mais tarde ele vem a tona.

    Obrigado pela visita e por seguir o meu blog. Seja bem vindo. Estou te seguindo de volta. Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Saudações!

    Encontrei seu blog por acaso e achei muito interessante!
    Suas palavras são cheias de sentimento e segurança!
    Adoraria que me visitasse também, e se gostar, me siga de volta! Quem sabe até deixe algumas palavras em meus comentários!
    Estou começando um novo blog, espero que aprecie!
    Grande abraço!

    http://suzanaleifer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem que é apenas uma semana, pois tanta guerra, só dilacera o que temos de mais precioso dentro de nós. A fúria muitas vezes se faz necessária - uma espécie de refresh para a alma!!

    ResponderExcluir
  7. Lulis, querido amigo, vim te visitar e adorei teus escritos. Personalidade e talento são misturas que te definem. Parabéns!!!Obrigada pelo carinho da visita e comentário ao meu blog.
    Te sigo! Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. que lindo
    amo poesia inclusive tenho algumas postagens assim em meu blog
    vc é um otimo poeta
    é muito bom viver com intensidade e vc tem muito futuro
    ;D

    radiopires.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Arrasou, Lulis... simplesmente, arrasou!

    ResponderExcluir
  10. Oi Lulis. Vim retribuir a visitinha e já estou seguindo seu blog. Adorei seus escritos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Me identifiquei muito com essa parte:"Meu corpo já está anestesiado pelas dores, e o tempo trouxe com ele as forças do passado e os arranhões me tornaram à prova de balas."
    Muito bom!

    ResponderExcluir
  12. Só por curiosidade, pernambucano? O nome do blog é a cara do meu estado!

    ResponderExcluir
  13. Olá Lulis, que tudo permaneça bem contigo!

    Há certos momentos em que os ferimentos já não se fazem sentir, e talvez isto seja indício que o sofrimento vai findar, talvez!
    E venho eu por cá novamente te parabenizar por texto tão intenso, expressão de teu profundo sentir, deveras belíssimo teu escrito!
    E grato por compartilhar teus pensamentos escritos, e pela amizade eu desejo que tenha em teu viver toda esta felicidade que você procura, deveras intensa, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  14. Valeu pelos elogios ^^

    A propósito, sou Gaúcho. Gauchíssimo!

    xD

    ResponderExcluir
  15. "Agora os dragões ascendem no sol nascente e mergulham perante sua imensidão num sono concomitante..."
    Que frase hein.
    Ah, seguindo.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. eii, como estás? Parabéns pela genialidade de seus textos aqui postados. Sério, são realmente muito bons. Poéticos e muito bem escritos. Obrigado pela visita, já lhe segui de volta. Parabéns novamente e bom feriado!

    Abraços,
    Felipe
    http://ahoradolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^