sábado, 10 de setembro de 2011

Meu Mundo Celeste:

Atou-se num só suspiro, com a alma em chamas. pôs-se a chorar aliviado, com uma satisfação que incendiara sua face. Agora o desespero fora extasiado por um âmago de amante sem culpa. Dançava ao redor das rosas, anestesiado pelos espinhos. Viu a lua tornar-se sol. Centena de vezes sem êxito. Ainda assim, todas aquelas noites pareciam valer a pena.


Agora com a vaidade em punho e as dúvidas obliteradas, enfim entregou-se por completo. Roleta-russa desregrada.


Agora seus pecados me pertenciam e não havia do que se arrepender. Eu era o destino alado que sombreava sua compaixão.


Meu frágil cupido! Ele jamais saberia a verdade, mas viver aquela utopia o deixara excitado. Maquinou planos e escrevera um futuro para nosso amor em caos selado.


Roubei dos seus lábios a ternura de mil querubins e acendera em seu espírito o prazer pecaminoso da dor e submissão.


Espelhos infalíveis! Arma mortífera da verdade condenatória.


Enfim ele julgara-se vitorioso. Quem sou eu para desiludí-lo? Bastou morder o lábio com sede infinita e perjúrio celeste para que eu lhe desse meu mundo.



Quis viver mais... E viveu!

11 comentários:

  1. hmmm... legal?
    http://mynotsodeardiary.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Post propríssimo para hoje: um personagem em tufão, em tempestade, em combustão. Texto notavelmente suspirado, mais do que escrito. Observaçãozinha: você escreveu "exitou", quando, acredito, desejaria expressar "hesitou", não? Beijos e sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  3. "Dançava ao redor das rosas, anestesiado pelos espinhos."

    Bom... Acho que entendi a subjetividade deste bailado. Poético um tanto, num tamanho imensurável.

    http://molduraseretratos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo seu blog, está ótimo!
    Estou seguindo e assim que puder volto para comentar.
    Esperamos você no nosso espaço 'Um Pouco Sobre Isso'. Siga-nos!
    umpoucosobreisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Fernanda, brigada e boa sacada.
    Na verdade era pra ser "Êxito".
    Desculpem pelo erro, mas tava sob efeito de remédios kkkk

    ResponderExcluir
  6. E ai carinha! voltando aqui... e putssss.. que texto bom!
    super amei a parte que diz "Roubei dos seus lábios a ternura de mil querubins", muito phoda, está de parabéns, continue assim! :DD

    ResponderExcluir
  7. amei *-* post lindo... super lindo... parabens

    eeee

    Tô Passando tbm pra dizer que estou la no Conversa de Blogueiro \o/\o/\o/
    La tem:

    Matéria http://conversadeblogueiro.blogspot.com/2011/09/materia-com-o-blog-quem-me-roubou-de.html

    Entrevista http://conversadeblogueiro.blogspot.com/2011/09/entrevistando-blogueiros-com-ravena.html

    e

    Enquete http://conversadeblogueiro.blogspot.com/2011/09/se-liga-nisso.html

    sobre meu blog e vários outros blogs interessantíssimos
    da um pulinho la pra conferir... ;)
    espero mesmo que goste ♥

    Beijos

    http://quemerouboudemim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. MUITO BOM O SEU TEXTO. MAS ANTES DE VIVER UMA UTOPIA SENTIMENTAL, CERTIFIQUE-SE DE QUE ELA FUTURAMENTE SERÁ REAL. CASO CONTRÁRIO, NEM VALE A PENA.


    TEXTO NOVO NO MEU BLOG. ACESSE, LEIA E COMENTE:
    http://thebigdogtales.blogspot.com/2011/09/mulher-dos-meus-sonhos.html

    ResponderExcluir
  9. Puxa! Tô em falta com você. Fazia um tempão que não passava por aqui. Recuperei o tempo perdido. Fiz uma leitura detalhada de vários post.
    Quanto a este último guardei a frase: Espelhos infalíveis! Arma mortífera da verdade condenatória.

    Abç.

    http://compartilhandosentidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, Seu blog está ótimo, tudo de muita qualidade!
    Estou seguindo, e sempre que possível volto para comentar.
    Espero sua visita no Um Pouco Sobre Isso! Siga-nos!
    www.umpoucosobreisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Lindo. Uma obra com muita qualidade, parabéns e continue assim *-*

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^