quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Arrasador de Corações -- Se Alguém Pudesse me Amar... :

Se o amor fosse uma história, eu seria o narrador. Apesar de apreciar dramas, prefiro observá-los e analisá-los despreocupadamente. As pessoas não são verdadeiras e tudo parte deste ponto. Escondemos a verdade de nós mesmo, para assim enganar os outros. Se eles soubessem o que é o amor, eles me aceitariam. Eles te entenderiam. Não nos julgariam. Se o amor fosse beleza, eu seria um espelho fosco ou uma miragem em sépia.


Se alguém aqui desejasse amar, as cicatrizes expandiriam e os egos se romperiam. "Roubem tudo. Peguem meu dinheiro e meu poder, mas deixe-me com este falso amor!" -- disse ele. Ora, sem demagogias né?! Se alguém aqui soubesse onde amar, venderiam o mapa por dinheiro qualquer.


Se o amor fosse justo, lágrimas seriam de açúcar (com perdão dos diabéticos). Por favor, meus ouvidos doem com tanto cinismo! Sei que beleza reconforta, mas olhem pra mim! Eu ainda estou aqui. Estão todos doentes, loucos. Estão agonizando, mas não se entregam. Se o amor fosse um antídoto, eu seria o veneno.


Se amar fosse um show, eu seria uma apresentação burlesca. Minha ingenuidade foi consumida por tanta desilusão e decepção. Tudo agora é gelo num vulcão. Eles não sabem o que é ser a caça. Minhas samambaias sangrentas ardem em meus pulsos, e minha teimosia parece um grande erro. Se o amor fosse uma vertigem, minha alma já teria sido vomitada pelos olhos.


Essas ambições me fazem chorar. Eu só queria alguém que me provasse que o amor pode ser real. Não quero conselhos piegas. Se amar fosse uma adaga, meus pulsos seriam poupados, e a overdose se multiplicaria.


Eu escondo meu amor numa caixa de areia. Meus medos estão mais visíveis do que nunca. Mas se o amor fosse real, ninguém me julgaria pelo meu cabelo ou meu modo de vestir.


Minhas tatuagens não me deixam esquecer por onde passei. Se meus amores me amassem, e mil amantes me odiassem, eu poderia ser quem eu quisesse, mas se meu coração parasse e minha alma morresse, ainda assim sem amor em plena guerra eu estaria.


Eu pediria perdão com o passar do tempo, e nadaria nas estrelas se pudesse. Mas se amar fosse possível, sonhar seria um balde de tintas incandescentes.

E se ainda assim, bem no fundo, o ódio não cessar e a arrogância te entristecer, eu poderia te convidar a procurar o amor num outro local sem esperanças.

Mas se amar fossem palavras confusas e o sol não me abandonasse, um escritor eu poderia ser, e romances de verdade enfim nasceriam.

19 comentários:

  1. Arrasando corações ou não, fique na "Paz" meu amigo.

    ResponderExcluir
  2. Eu passei por essa situação, achando que eu era complicado demais pro mundo e acabava criticando as coisas que o amor faz. Porém, nem todas as pessoas são iguais, nem todos são padronizados!
    Quando encontrar alguém que vc goste muito e que gosta muito de vc, entenderá!







    http://alteregodonuti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante o texto!

    http://thebookofmydreams.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Legal seu blog, voltarei sempre :D
    Faz um favorzinho pra mim? Vota no Garota Ambulante na enquete que ta rolando no http://perfeitinha-blog.blogspot.com/, por favor? É a primeira enquete do lado direito do blog =)
    beijinhos, garotambulante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. É o amor é lindo...mas como nada é diferente ele também possui suas farpas.

    ResponderExcluir
  6. Tentei comentar, tentei achar as palavras certas, mas não consegui. Esse sem dúvida é um dos seus textos que mais me tocou me emocionou e e falou do que eu estou sentindo ultimamente. Toda essa confusão dentro de mim, com algumas certezas e muitas dúvidas.
    Parabéns, você se superou.

    ResponderExcluir
  7. Gostei do blog manow , acessa o meu ae , to seguindo tbm

    http://osmemeticos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelos comentários.
    Tenho colocado muito de mim nessa saga "Arrasador de Corações".
    Espero que vocês também coloquem bastante de vocês nos comentários xD

    ResponderExcluir
  9. Eu adorei o blog,mais alem do designer. Os post, principalmente essa sua Saga Arrasador de Corações, eu li essa.E agora vou ler todas,haha.
    Estou seguindo de volta,muito bom.
    http://gaarotadalua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. TENHA CERTEZA D Q VC JÁ ARRASOU CORAÇÕES, EM VÁRIOS SENTIDOS E INTENSIDADES!
    ---
    blogestarcomvoce.blogspot.com
    (1 ano de blog: obg por fazer parte dessa história!)

    ResponderExcluir
  11. To voltando aqui constantemente para reler seu texto, não sei, mas parece que tem muito de mim nele.
    bejim

    ResponderExcluir
  12. CARA VC ESCREVE SUPER BEM ...MUITO INTERESSANTE

    TE SEGUINDO

    5 maneiras de enterrar sua sogra *-*
    WWW.CUCHILA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  13. poesias, em relação a grandes romances, em minha opinião, são mais fáceis de escrever... quem me dera se amor me tornasse hábil para escrever grandes romances, um talento que poucos realmente têm...

    http://poesiadapocacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. O amor só é real enquanto abstrato, além disso a irrealidade é muito mais instigante. Você escreve muito bem, o texto é tão profundo e tocante, você se doa nas letras. Felicidades!

    ResponderExcluir
  15. Estou te seguindo segue ?

    http://contagio-literario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Seguindo você , me segue de volta :)
    http://meninaatreviida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. oiee, adoreii o seu blog!

    to te seguindo aki

    bjim

    ResponderExcluir
  18. Amei seu blog !
    seus posts são perfeitos parabéns pela dedicação (:
    estou te seguindo se puder retribuir a visita e seguir eu agradeço !
    beeijos
    http://realityedreams.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^