quarta-feira, 27 de julho de 2011

Volta ao Luto:

O mundo do fingimento é uma gaiola, e não um casulo. Não estamos sozinhos nele. Batas olhar ao redor. Todos estão fingindo. Com um lápis e uma folha em mãos, posso escrever um mundo novo (um mundo ideal), transferir-me para ele e acreditar.

Todos fingem o tempo todo, e não há como negar. É mais fácil assim. Talvez isto não seja tão ruim. A negação une as pessoas. E no final das contas, tudo o que desejamos é não estarmos sozinhos.

A solidão não é uma poça d’água, e sim um imenso oceano. E certas vezes, não há como não se afogar nele.

Às vezes nem toda a negação é o suficiente. Às vezes caímos na real e quando percebemos, estamos realmente sozinhos.

O tempo nos ensina muita coisa apesar de não curar todas as cicatrizes. Porém às vezes simplesmente apegar-se a algo consolida uma fé. E não estou me referindo á fé religiosa, às crenças em um Deus, e sim a uma nova e reconfortante esperança.

A fé como um chacal se alimenta entre os túmulos, e mesmo dessas dúvidas mortas ela reúne sua mais vital esperança.

E como num livro, escrito por um autor megalomaníaco, vou escrevendo (e assim descrevendo) minha própria vida. Tantas feridas e lágrimas... Elas me fazem lembrar tudo que já passei. Perdi tantas pessoas. Vivi tantos desamores. Um emaranhado de desilusões que faz parecer que tudo até agora foi á toa. Agora só o que restou foi uma alma vazia e solitária, e um livro de bolso chegando às últimas páginas.

Os finais são sempre difíceis. Por mais que demos destino às personagens coadjuvantes, sem esquecê-los, sempre ficarão linhas perdidas e histórias mal acabadas. Nunca é possível agradar a todos num final, portanto escrevê-lo é muito complicado.

Talvez pelo fato de não ser planejado, o fim sempre deixa uma sensação de que não foi dito tudo. E por mais que saibamos o final antes mesmo de começar a escrevê-lo, ele estará sempre incompleto.

Eu não vejo todo minha vida passar perante meus olhos. Só o que vejo é um final se aproximando. Toda história chega ao fim. Mesmo que com um fim incerto. Todos querem uma última nova notícia, um novo sentimento, uma reviravolta, uma surpresa. Todos querem uma nova esperança. Mas cedo ou tarde, a solidão te consome e a gaiola se fecha pra sempre. Não espere por uma última frase impactante ou um grande acontecimento.

Se você realmente deseja algo, você irá descobrir como torná-lo realidade.


Eu enterrei meu próprio coração, bebi do meu próprio sangue, chorei quando não tive mais forças, selei minha música num último gole de fé e uni-me à sombra do abandono.

Sei que Eles estão à minha espera, mas agora eu estou de volta ao Luto.

22 comentários:

  1. Eu lamento que a maioria das homenagens venham após a morte, mas lá vai:

    Uma breve homenagem ao nome do segundo álbum da maior Diva do Jazz e Blues dos últimos tempos, Amy Winehouse: Back to Black.

    Eterna Reabilitação a todos <3

    ResponderExcluir
  2. Lá se foi uma grande cantora.

    ResponderExcluir
  3. Olá adorei seu Blog, e já me tornei seguidor.
    me siga também
    http://bidubidu.blogspot.com/
    e seu comentário no Blog é muito importante para nós.

    ResponderExcluir
  4. Vim agradecer pelo elogio ao meu poema no meu blog! Estou te seguindo tbm! Agora, falando da sua postagem: Caramba! Bem intenso e melancólico. Principalmente do meio pro final, foi ficando mais aprimorado e intenso. "Nunca é possível agradar a todos num final" é uma grande verdade! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Nossa... muito profundo tudo o que vc escreveu. E mórbido tb! Vc escreve muito bem... ou ler outros textos seus.
    Visite meu blog, espero que goste!

    BeijO*-*
    http://evesimplesassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Postagem primorosa, meu caro! Meus parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Vim agradecer seu comentario em meu blog e estou te seguindo ! se quiser fazer parceria com meu blog so falar !

    ResponderExcluir
  8. Olá :D

    Tão nova, tão talentosa...
    Mas infelizmente, estava a se auto-destruir por tanto tempo. Acho que por isso então, podemos dizer que de alguma forma ela descansou...

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  9. Oba, adorei..
    Estou te seguindo

    Beijos
    http://colecionadoradeesmaltes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. A solidão é o "mal-do-século" dos nossos dias... Quando vc falou sobre negação, fiquei pensando nas máscaras que muitas vezes somos obrigados a criar, a usar para viver determinadas situações, para enfrentar determinadas circunstâncias na vida. E a solidão nos exige muitas máscaras também...
    Gostei do que escreve.
    Beijos,
    Marie

    ResponderExcluir
  11. Muito Bom o post...

    Teu espaço é muito bommm!!!
    estou seguindo!

    Abraços!
    Rafah
    Blog Eternus!
    http://eternizadoempalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Amy....
    Tão triste e ainda, difil entender porque nos perdemos tanto e acabamos por nos auto-destruir.
    ps:Alguns resistem.
    beijinhos, seu blog ta demais, ja estou te seguindo!!

    http://viverdefantaisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Sabe, ela foi à ruína sozinha, mas me incomodo que as pessoas brinquem com isso. Fiquei triste pela Amy =/

    Seguindo aqui, segue de volta? http://amorporclassico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Cara todo mundo sabe do lado ruim...mas, também teve coisas boas, e nossas escolhas é que nos levam à vários lugares...bons ou ruins...
    Mas, a música fica...e fará bem pra muita gente...

    Já estou seguindo...abraço.

    http://rumorsmag.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. incrivel, adoro o modo que você utiliza as palavras continue assim amigo^^

    karmacronico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Mais um que se vai cedo.
    Mais pelo menos enquanto viva ela conquistou muitos fans que levarão as lembranças dela em seus corações.

    ResponderExcluir
  17. me identifiquei com seu texto...concordo que a solidão é um imenso oceano, e que muitos fingem o tempo todo, fingem ser o que desejam, e escondem o que são na realidade.

    Obrigada pela visita!

    Estou te seguindo!bjs

    http://artegrotesca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. deprimente!
    estou seguindo cara, gostaria que retribuísse a visita no: http://novadiaria.blogspot.com/ segue lá!
    grande abraço!

    ResponderExcluir
  19. Oi td bom?
    Parabéns pelo blog, adorei o texto.
    Vi o seu comentário no meu blog.Nossa eu adoro o Wagner Moura também, acho ele um grande ator...
    Seja bem vindo no meu blog e sempre quiser passe por lá!
    Um abraço!


    Gabi

    ResponderExcluir
  20. Depois olha nessa pagina o novo filme dele. "O homem do futuro".

    http://gabi-lopesm.blogspot.com/p/cinema.html

    ResponderExcluir
  21. Muito bom..parabens..

    Obs:..belo trabalho da Amy!

    Sucesso..Abraço..

    seguindo..

    http://ipinformundo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^