quinta-feira, 21 de julho de 2011

Minha Última Manhã de Natal:

Eu sei que eu prometi não tocar mais neste assunto, e que tu pretende me excluir de vez da tua vida, mas eu não posso deixar isso passar perante meus olhos e ficar parado.

Eu não sei como parar de te amar.

Desculpa, mas tu me prometeu que sempre estaria comigo quando eu precisasse e que me acolheria como sempre fez.

Eu sempre fui do tipo orgulhoso, mas hoje quando acordei me senti um nada. Tu havia me abandonado.

Eu sei que errei muito contigo, mas tu é tudo que eu sempre sonhei pra mim.

Talvez tenhamos feito as coisas do jeito errado. Me desculpa pelas brigas e discussões, mas hoje quando acordei até elas fizeram falta.

Eu discordo de ti. Tudo o que passamos não foi um erro. Foi o melhor tempo da minha vida. Mas agora estou aqui, escrevendo estar carta de adeus que jamais será lida. Que jamais será entregue. E agora nada que eu diga será o suficiente.

Então apenas direi do meu jeito: Eu te amei desde o primeiro momento e em todos os que o sucederam. Amei todas as vezes que me fez sorrir, e até quando me fez chorar. Tu sempre será a melhor parte de mim. Eu te amo exatamente do jeito que tu é.


E como eu sempre te disse, te amar será sempre como acordar numa Manhã de Natal.

24 comentários:

  1. Espero que gostem de uma versão mais ''fofa'' minha *-* kk boa leitura =)

    ResponderExcluir
  2. Tão lindo!
    Me encanto cada vez que venho aqui.

    ResponderExcluir
  3. muito bom seu texto bem legal mesmo

    http://bestfakesnet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Legal, muito bom, parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  5. Siguindo
    segue tb
    http://portalmemes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Goostei , muiito bom ,
    me segue?
    http://pgaby.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Se nao te querem deixe pra lá
    procure alguem q te valorize
    vc podera nao entender isso agora... mas
    deixe de ser besta

    abraços
    .
    www.ouvindoparalamas.blogspot.com
    .

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Uau, "Minha Última Manhã de Natal"? Um título muito criativo, devo dizer, para tal grandiosidade de sentimentos?
    E, Garcez, pode ser que seja o caso, mas como escreveu o magnífico Fernando Pessoa:

    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente.

    E os que lêem o que escreve,
    Na dor lida sentem bem,
    Não as duas que ele teve,
    Mas só a que eles não têm.

    E assim nas calhas de roda
    Gira, a entreter a razão,
    Esse comboio de corda
    Que se chama coração."

    Portanto, não saia a julgar os textos poéticos alheios.

    Abraços!

    Ana Carolina Nonato
    Seis Milênios

    ResponderExcluir
  9. A melhor declaração de amor que alguém já fez pro Papai Noel esse ano. Dessa vez vc ganha um preisteichon.

    ResponderExcluir
  10. seu blog é muito interresante

    parabens..

    seguindo

    http://barradoriachonews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Muito lindo! Gostei do blog!
    seguindo.

    http://folheandolife.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. me segue e comenta meus post ? eu retribuo (:

    ResponderExcluir
  13. Tem um selinho no meu Blog pra vc ^^
    http://oque-sentimos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Parabéns adorei o blog e esse post ta lindo

    Boa semana para ti bjs

    ResponderExcluir
  15. Muito bom ver o amor pelo lado masculino.
    e a ultima frase ficou encantadora, fala tudo sem
    muitos verbos.

    http://saiidademergencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Ficou muito muito bonito. Me lembrou até alguém, pra falar a verdade.

    Só que, tem certas coisas que nem o tempo e nem as palavras mais bonitas conseguem apagar.

    Enfim, é isso.

    Muito bonito o seu texto.

    Adorei a frase final.

    Beijos, Misunderstood.

    Ps. Estou te seguindo.

    ResponderExcluir
  17. Show
    http://oceanonews.blogspot.com/
    oceanones@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Tudo tem uma hora, tem um momento, e parece ser cliche mas tudo passa amigo e não existe nenhuma ferida que um porre de cerveja não possa curar, uashuahsuash. ótimo texto^^

    ResponderExcluir
  19. QUE LINDO, PARABÉNS VOCÊ SE ENTENDE BEM COM AS PALAVRAS (:

    ResponderExcluir
  20. oi seguindo,adorei o seu blog (: http://meumundonaoerosa.blogspot.com
    segue de volta?

    ResponderExcluir
  21. estava vendo as atualizaçoes dos blogs que eu sigo e vi este poste seu e, como sou extremamente romantica, vim logo aqui ler.
    Achei seu texto excelente, diz tudo o que uma pessoa q realmente ama sente qndo perde o alguem q dava sentido a sua vida.
    simplesmente perfeito
    http://acordeirevoltada.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^