terça-feira, 11 de outubro de 2011

Perdão (Um brinde a isso!)

Por todas as lágrimas que partiram nossas almas e tiraram nosso sossego. Por cada momento que nos sentimos destruídos e vazios. Cada angústia consumida e afagada num copo de uísque vagabundo. Por cada pulso mutilado e fraqueza abnegada. Um brinde a isso!

Em todas as vezes que me apaixonei por você, e em cada dia que você me ignorou. Sempre relutei, e tentei uma vez mais. Cada grito de socorro que fui obrigado a engolir toda vez que queria chorar nos teus braços. Um brinde a isso!

Por cada momento de ingratidão. Cada sorriso ainda assim parecia valer à pena, porque sempre que você me olhava eu tinha um pedaço do céu. Eu te amei do jeito que você é. Achava-te incrível! Por cada momento de mágoa que eu suportei, cada dia dedicado a essa ironia. Um brinde a isso!

Agora brindemos pela morte, e pelo que ela nos ensinou: que podemos ser felizes do nosso jeito. A vida te engana, nem tudo são espinhos (e se forem, aperte-os até não sentir mais os dedos... até não sentir mais nada). O reinício pode ser tardio, mas os fogos ainda não explodiram nas estrelas, então acho que posso brindar a isso também.

Um brinde a todos que vivem do medo, da surpresa, da insegurança. Um brinde a todos que já sofreram, e a todos que amaram. Ergam seus copos e brindem!

Um brinde às estrelas flamejantes, à harpa em ressonância, à escuridão do fundo da mente. Que em cada arranha-céu, cada borboleta traga consigo um pedaço de fé.

Que meu ego (e “alter-egos”) imortalizado em palavras, possa ser a salvação de um novo Coração de Leão. Que cada Conto de um novo ser viva. Viva para que um dia possa morrer. Um brinde a isso!




Malucos, racionais, perturbados, medrosos, falsos, bizarros, estranhos, fúteis, hipócritas, insanos, descrentes, idealistas, revolucionários, rebeldes, acomodados, inseguros, desconfiados, astutos, críticos, inovadores, intensos, levianos, impacientes, honestos, egoístas, autoritário, sonhadores, escritores, leitores...


A todos capazes de amar, desarmar e perdoar.
Um brinde!

13 comentários:

  1. Então um brinde a nós que nos permitimos viver tudo isso, mesmo com medo da dor, mesmo com medo do vazio.
    Um eterno brinde a nossa capacidade de renovar as ilusões!!!
    Perfeito seu texto, como um grito de guerra de quem já está exausto de lutar, mas ainda assim não desiste, quando encontra rosas com espinhos "aperte-os até não sentir mais os dedos... até não sentir mais nada"
    Sublime*

    ResponderExcluir
  2. Um brinde pra nós!!!

    Seguindo aqui...
    acompanha tbm?
    http://diaadiadeumafuturapedagoga.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Um brinde, para tudo isso
    De viver intensamente
    Beijo
    http://marifriend.blogspot.com/
    @Storiesandadvic

    ResponderExcluir
  4. BELO TEXTO! devemos lutar contra todos os obstaculos da vida! sentir a paz nos invadindo e o desejo de continuar em frente apesar das adversidadeS! blogestarcomvoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, seu blog é muito legal!!! =D
    Achei na comunidade de divulgação de blogs no orkut, e já estou seguindo! Passa lá no meu também: http://saioescrevendo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Um brinde a todos aqueles que tem algo para se brindar.

    ResponderExcluir
  7. Bom Texto ! Dalhee um Brinde


    http://manolofailbr.blogspot.com/

    Diversão a toda hora ! (AtualizadoO)

    ResponderExcluir
  8. Um brinde, claro.
    A fraqueza também pode ser poética. rs

    http://saiidademergencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. HEHE legal o blog,

    estou te seguindo.
    Site que fala sobre sexo sem apelação ou pornografia.

    http://www.sexocomsaude.blogspot.com/

    Se me seguir eu retribuo, me avisa por mensagem.

    ResponderExcluir
  10. Oiiee, vim te convidar para participar de um sorteio que ta rolando no meu blog!!

    http://meninaaas.blogspot.com/2011/10/sorteio-par-de-sapatos-maraolo.html

    Vale um par de sapatos maraolo,irresistivel!!

    Um beijoo e espero vc laa

    ResponderExcluir
  11. Perdoar é humano :)


    http://seriesbooksmovies.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo comentário em meu blog.
    Amei o texto.O perdão é o melhor que podemos fazer para nos libertar e libertar o outro.Odiar outra pessoa é como tomar veneno e querer que outro morra.
    Um abraço e tudo de bom!

    ResponderExcluir

Leia com atenção.
Não esquecendo que tudo é desenvolvido como poesia livre, seja uma crítica ou um ponto de vista.
Ninguém é obrigado a concordar, mas respeitar e ser sincero ajuda ^^